sábado, 4 de dezembro de 2010


Ser Feliz.

Há um limite entre parecer e ser? Outro dia me elogiaram e afirmaram que eu parecia ser uma pessoa muito feliz, e isso me fez pensar até onde eu pareço ser feliz. Me lembro de saber que o sorriso nem sempre indica felicidade, mas será que ele não indica que aquele momento foi feliz? Não consigo achar em mim algo que prove minha tristeza total, na verdade, acho várias coisas para dizer que fui feliz.
 Não posso afirmar que todas vezes que estou sorrindo eu estou escondendo a tristeza nem tampouco, posso afimar que toda hora que estou sorrindo sou totalmente feliz. Mas há uma linha tênue entre a tristeza e a alegria, o que hoje me faz sorrir, amanhã não me animará. Se hoje sorrio, amanhã eu choro. Se hoje eu quero bem, amanhã me querem mal. E tudo vai se completando naquilo que sempre acreditei, algo que temos que conviver, na nossa mente tão cheia de tudo, sobra espaços pra confusões particulares.
2

2 comentários:

Monique Larentis disse...

o que precisamos saber, é que um sorriso não faz bem só a nós, mas também a quem vê o sorriso e encherga a esperança da felicidade

# Érikα Teixeirα disse...

Criei um selinho para agradecer algumas pessoas que fazem a diferença no meu blog, e é claro que seu blog foi indicado :)
Depois da uma passadinha lá:
http://akireteixeira.blogspot.com/2010/12/nao-tinha-feito-nenhuma-postagem-ate.html

Um super beeijo *--*

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t