terça-feira, 27 de julho de 2010


Feliz.

Não quero achar o segredo da felicidade, não quero supor o que me fará feliz ou não. Eu compreendo que a felicidade está nas pequenas coisas, nos laços invisíveis e na sinceridade dos sentimentos. 
 Faça um trajeto curto, da sua casa até a ponta do outro quarteirão. Você viu? Você percebeu ou passou rápido demais para enxergar a felicidade? Talvez sim. Refaça o caminho e perceba os pássaros cantando, os pássaros num ninho, celebrando o amor. Perceba o carinho que aqueles velhinhos trocam no olhar, prova de amor repartido durante esses longos anos. Dê um oi para a mãe com seu bebê, que talvez não te responda por estar tão imersa na felicidade de vê o seu bebê fazer grandes avanços. Sinta o ar,  ouça os pássaros e abra um sorriso, você se sente feliz?
 Tudo bem, na sua rua não tem nada além de casas com muros altos. Mas eu só queria poder te mostrar que a felicidade passea lado a lado com a gente, todo dia, toda hora, em todo lugar. E se você parasse um minuto e reparasse nisso, concerteza seria melhor do que dedicar uma hora de atenção à aquilo que te machuca, que te faz sofrer e na verdade, nunca te fez feliz. Reflita!

A felicidade é simples, e quando você descobre isso ela deixa de ser uma espera e passa a ser um minuto, um segundo. E é de minutos e segundos que se faz a vida. - Tati Bernardi
2

2 comentários:

Riita disse...

Ah q blog lindo *-*
seus textos são perfeitos.

Dayane Oliveira disse...

ameei seu blog .___.
mt lindo , os textos são explendidos !
Parabéns ;}

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t