segunda-feira, 29 de novembro de 2010


Força.

                                                                                              "Perdi um pedaço, tem tempo. E nem morri.'' - Caio F.

 Tenho de concordar que tudo que foi sofrido, hoje, já não me atinge tanto. Aprendi a conviver com as pontadas no coração, com as dores na cabeça e as lágrimas no rosto. Não me considero tão forte, porque tenho tantas coisas para me envergonhar e ainda sofro por coisas que não merecem, pessoas que não merecem, queria ser mais forte para evitar aquela pontada, aquela lágrima e aquela saudade quando na minha cabeça, só tenho você. 
 Não sou composta só por dores ''amorosas'', tenho dores que ninguém consegue diminuir, dor de saudade, saudade de quem não me acompanha mais, saudade de momentos felizes, momentos que eu poderia ter sido melhor, momentos que eu queria que tivesse durado mais. Há em mim tudo aquilo que sonho e nunca digo. Há em mim palavras que não disse, frases que não escrevi. 
 Estive muito tempo consciente de tudo que sofri, de tudo que gostei, de tudo que perdi, mas percebi que é tudo um ciclo, talvez eu já tenha perdido algumas emoções desde que começei a escrever.  Não importa, eu me matenho firme mesmo que não queiram.
2

2 comentários:

Cara Estranho disse...

Que lindo amor *---*
Sempre escrevendo bem..
ta perfeito..
parabéns!

te amo.

# Érikα Teixeirα disse...

ameei o blog :)
Seguindo aqui
Ah, voce passou no meeu e flou que tinha um selo pra miim , rs
naao acheei floor , me manda o link?
Beeijaao e brigada *--*
http://akireteixeira.blogspot.com/

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t